Notícias › 17/02/2016

Profissão Temporária Freis Thiago e Wagner

Por Frei Wagner Rafael Rodrigues.

DSC00243No dia 05 de fevereiro de 2016 na cidade de Caçapava-SP eu e meu confrade frei Thiago professamos os votos simples, ou/e votos temporários, justamente porque a profissão é válida por um ano. A celebração marcou também o encerramento do noviciado 2015-2016, no qual outros dois frades de Brasília compuseram a turma.

Nesse sentido, o que dizer de um momento tão aguardado, idealizado e sonhado? Quais palavras usar para descrever tal celebração extremamente simbólica e especial? Penso que sou incapaz de expressar-me claramente demonstrando verdadeiramente o significado real da profissão, contudo em breves linhas desengonçadas tentarei dizer no que a profissão dos votos nos convoca a ser, isto é, o porquê em escolher esse caminho.

Pois bem, meu confrade e eu estamos há cinco anos na caminhada de vida religiosa iniciamos o postulando juntos em Curitiba-PR no ano de 2012. De lá para cá muita coisa aconteceu, seja no âmbito de crescimento vocacional, seja na postura em a cada dia assumir a vocação, em prol da provocação que Deus nos faz cotidianamente: “Vem e segue-me” (Mt 9,9). Assim, no dia da profissão era nítido para nós a importância do passo que estávamos prestes a darmos.

Desse modo, em contrapartida nada nos prendia. Não era pelo fato de termos cumprido todas as obrigações do noviciado, nem mesmo a aprovação do provincial e muito menos a doce ilusão de nos tornamos importantes e ilustres. Pelo contrário, a consciência de estarmos optando livremente por este estilo de vida nos convocava a responsabilidade de maneira gratuita. Ao mesmo tempo, tínhamos a certeza que o Altíssimo nos guiou e sustentou até tal momento marcante em nossas vidas.

Em suma, estamos felizes com a profissão dos votos na Ordem dos Frades Menores Conventuais nessa Província São Francisco de Assis do Brasil. Cabe-nos daqui para frente consolidarmos aquilo que professamos assumindo gratuitamente todas as incumbências que brotam do estilo de vida que nos escolheu, isto é, seguir Nosso Senhor Jesus Cristo em obediência, sem nada de próprio e em castidade, a modo de nosso Seráfico Pai São Francisco. Que nossa Senhora Rainha da Ordem dos Menores interceda por nós!

 

 

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.